Voltar ao Blog
27.07.2020

Entenda como uma lesão no joelho mudou a história do poker mundial

Quando se fala da história do poker, alguns nomes não podem ficar de fora, e Doyle Brunson é um deles.

Conhecido como "Texas Dolly" ou "The Godfather of Poker (O padrinho do poker)", ele é um dos grandes responsáveis pelo crescimento da atividade, participando dos jogos high stakes desde a época em que o esporte da mente sofria com a clandestinidade.

Dono de dez braceletes da WSOP (World Series of Poker), ele ganhou destaque com as vitórias consecutivas no Main Event da série em 1976 e 1977. Em ambos torneios, a mão decisiva no heads-up teve Brunson conseguindo um full house segurando T2, que passou a ser apelidada com o nome do jogador.

Em 1979, ele lançou o livro Super System, considerado um dos mais relevantes da história do poker. A partir da publicação, muitos jogadores puderam, pela primeira vez, ter contato com a parte teórica do poker, até então considerado um jogo de "malandragem". Uma segunda edição, chamada de Super System 2, foi lançada em 2004 com artigos de outros grandes jogadores como Chip Reese e David Sklansky.

Hoje, aos 86 anos e membro do Hall da Fama do Poker, Brunson logicamente diminuiu o ritmo e é pouco visto nas mesas, com sua última grande conquista datada da WSOP 2005, quando levou US$ 367,800 e seu décimo bracelete. Descanso merecido para uma carreira que soma mais de US$ 6 milhões em premiações e uma história de vida que se confunde com a do poker moderno.

Tudo isso, entretanto, poderia nunca ter acontecido, se não fosse por uma lesão no joelho. Nascido em Longworth, no Texas, Brunson sempre se destacou pelo atleticismo e porte avantajado, rapidamente ganhando destaque no time de basquete de sua escola.

O bom desempenho continuou durante a faculdade, rendendo a ele o título de "MVP"(Jogador mais valioso) do campeonato. Foi aí que surgiu o interesse do Minneapolis Lakers (hoje Los Angeles Lakers) em escolher Brunson para o time assim que ele concluísse a faculdade.

Faltava apenas um passo para a entrada de "Texas Dolly" na NBA quando a lenda do poker sofreu uma séria lesão no joelho, que o obrigou a passar a usar uma bengala e acabou com qualquer chance de se tornar um profissional do basquete.

Impossibilitado de seguir esse sonho, o poker começou a ganhar cada vez mais importância em sua vida e o resto é história. "Quando eu aceitei que a minha carreira nos esportes tinha acabado, passei a jogar poker para me sustentar. Ia em todas as universidades próximas onde eu sabia que havia pessoas jogando ", explicou.

Não é possível saber com precisão o que aconteceria com o esporte da mente se a lesão não tivesse ocorrido, mas uma coisa é certa: o poker não seria o mesmo sem Doyle Brunson. 

Notícias relacionadas

06.07.2020

Chegaram nossos apps de Paciência, Buraco e Truco!

Leia mais +
06.07.2020

Ação social da Copag distribui mais de 70 baralhos

Leia mais +
30.06.2020

Jogar juntos é… melhorar sua saúde mental

Notificações no celular, trabalho, cuidados com crianças ou pais, preocupações... Tudo isso no coloca em um estado de alerta elevado. Felizmente, sempre há cartas de baralho e jogos de tabuleiro para tirar nossas mentes, vem saber mais!

Leia mais +
Quer receber nossas novidades no seu e-mail?
Assine Aqui