setembro 18, 2019 -

Olá, treinadores!
Tivemos recentemente em nosso blog, 2 artigos de ajuda aos treinadores que estão no início de sua jornada.
Agora que você já aprendeu como construir seu deck e quais os estilos de jogo, está na hora de começar a entender alguns termos que os jogadores usam.

Set-up

Set-up é o termo usado para as cartas que precisam ser montadas para o bom funcionamento da estratégia.
Exemplos: Em um deck de Blackphalon/Naganadel, o Naganadel é considerado um set-up do deck, precisando ser montado para que a estratégia de energização funcione.

Mullingan

O mullingan é o ato de embaralhar as cartas de sua mão em seu deck caso você não tenha um Pokémon básico para iniciar seu jogo. É um termo usado apenas nessa situação.

Draw

Draw é um termo que se refere a compra de cartas. Existem variações desse termo que podem ser vistas como por exemplo a draw engine ou draw power, que se referem às cartas que favorecem a compra dentro do jogo.

T1, T2, T3…

O “T” nessa expressão se refere ao turno e o número seguinte, qual é esse turno.
Exemplo: “O jogo fica bom se eu conseguir montar o Malamar no T2” – Isso significa que a montagem do Malamar precisa ser feita no segundo turno do jogo.Match

É o conjunto da melhor entre 3 partidas.

Mirror Match

A Mirror Match nada mais é do que uma partida contra um deck com o mesmo núcleo e estratégia que o seu.
Exemplo: Pikachu e Zekrom-GX x Pikachu e Zekrom-GX.
Nesse tópico é legal ressaltar que podem haver partidas como Reshizard x Reshizard que não são consideradas mirror por ter um núcleo igual mas, estratégias diferentes.
Exemplo:  Reshiram e Charizard-GX com Desbravamento da Green x Reshiram e Charizard-GX com Habilidades.

Bad Match

Com um significado bem próximo ao nome, a bad match é uma partida ruim.
Normalmente acontecem por fraqueza ao deck oponente ou devido à estratégia do deck fazer algum tipo de restrição em seu próprio deck.
Exemplos: Em uma partida de Buzzwole e Pheromosa-GX contra Reshiram e Charizard-GX, a fraqueza contra fogo faz com que Buzzwole e Pheromosa-GX enfrente uma bad match.

Tier

Tier é o termo que se refere à classificação do deck. Normalmente a classificação é feita pelos jogadores, baseada nos decks que tem se saído bem em campeonatos.
Exemplo: Um deck considerado Tier 1 é um deck que tem se saído bem e por isso é considerado por muitos, melhor do que decks que estão no Tier 2.

Metagame

O termo se refere aos decks que estão populares no momento.
Com novas coleções e novas formas de jogar, o metagame sempre muda, trazendo diversas possibilidades.
É importante estar atento a isso para poder desenvolver sua estratégia e saber com quais decks você vai precisar aprender a lidar.

Baby

O termo baby é utilizado para definir um Pokémon regular, mas que tem versões EX ou GX.
EX: Lucario, Lucario-EX, Lucario-GX.

Tech

Techs são cartas utilizadas para situações e partidas específicas. Pode ser melhorar partidas ruins ou para atrapalhar alguns tipos de decks.

Sniper

Sniper é um termo utilizado para o dano causado em seu oponente, não precisando ser no Pokémon ativo. É uma prática muito comum nos decks Spread(Espalhar) e é muito comum ver o termo ser abrasileirado como um verbo.
Exemplo: Buzzwole e Pheromosa-GX ataca com 30 de dano no Pokémon ativo e “snipa” 30 em algum do banco.

Rogue

Rogues são decks menos populares mas com potencial para atingir e ganhar de decks considerados meta.
Exemplo: Quagsire / Naganadel, que é um deck relativamente barato, pouco usado mas tem chamado a atenção por seu potencial de ganhar de Reshiram e Charizard-GX.

 

Entender os termos vai facilitar bastante na comunicação, retirada de dúvidas e até mesmo em suas partidas já que muitos jogadores já estão acostumados com eles.
Você já conhecia algum desses termos? Conta pra gente!

Comentários estão fechados.